Ponto de encontro da turma da noite de antropologia, do ISCTE, 2001-2005
Sexta-feira, 2 de Dezembro de 2005
O saber ocupa lugar?
82 e 600... desconte-se qualquer coisa da roupa e dos sapatos, mas mesmo assim é muito. E o pior é que não tem parado de aumentar, nos últimos anos.
Compreenderão que não sejam as questões “estéticas” que me preocupam, mas inquieta-me atrasar-me de manhã, por já não ser capaz daquele sprint final na corrida para o comboio (em boa verdade, o único desporto a que me tenho dedicado, de há muito para cá). E assusta-me a possibilidade de, mais cedo ou mais tarde, se entupir para aqui uma qualquer artéria e...
Lamento francamente que nestes últimos anos, do velho dito latino, só tenha zelado pela “mente sã”. Ao menos a antropologia valeu a pena.
Mas pergunto-me: e se afinal o saber ocupa mesmo lugar? E se isto foi tudo da gulodice de andar a petiscar aqui e ali na antropologia? Então não há hipótese. É que continuo com um apetite... (Zé Paulo)


publicado por antmarte às 10:03
link do post | comentar | favorito

3 comentários:
De Anónimo a 5 de Dezembro de 2005 às 09:50
Obrigado pela visita, amigo Miguel, e pelo incentivo à prática desportiva. Deve constar entre os votos para o novo ano, a ideia de mexer um pouco mais, mas vamos a ver, porque como diz o Raposo, essas proclamações de intenções, muitas vezes...Zé Paulo
</a>
(mailto:ilus@clix.pt)


De Anónimo a 3 de Dezembro de 2005 às 18:05
Boa tentativa essa do pensar que o saber também pesa!...
Ainda me lembro de ha uns tempos ouvir o meu amigo Zé Paulo dizer " queria ver se arranjava um tempinho para fazer uns crosses"
Bem sei que em Marte a gravidade não é a mesma e que os níveis de oxigénio também não são lá grande coisa mas se a ideia dos crosses ainda te seduz já sabes podes contar comigomiguelinho
</a>
(mailto:miguelgmacedo@netcabo.pt)


De Anónimo a 2 de Dezembro de 2005 às 10:09
Isto não implica, claro, que entre em dieta e não vá ao jantar de Natal, se é que vai ser realizado... Até ao momento não chega à meia dúzia o número de pessoas que aqui se manifestou favorável à ideia. A ser assim, não vale a pena marcar mesa, cabemos em qualquer cantinho... só falta combinarmos a data (o tipo que almoçou comigo na passada semana - não revelo a identidade, ficou de tratar disso, mas deve andar mais ocupado com a campanha do Cavaco...)Zé Paulo
</a>
(mailto:ilus@clix.pt)


Comentar post