Ponto de encontro da turma da noite de antropologia, do ISCTE, 2001-2005
Sexta-feira, 5 de Maio de 2006
Há quanto tempo não os “desancava”?
            Já que estamos numa onda de humor, só mais esta, divertidíssima...
 
   O aumento da natalidade, para se procurar a tão necessária inversão das tendências demográficas, pode conseguir-se com o incentivo às famílias para que tenham filhos. Não penalizando as que os não têm, naturalmente.
   Não há dinheiro (...) para apoiar as famílias, como sabemos. Mas penalizar algumas famílias não é um incentivo à natalidade (tipo “reforço negativo”, não?!), antes uma forma “espertinha” de tentar captar mais receita.
   Ora, sendo tudo isto relativamente claro, como não retirar uma evidente conclusão?
   Será ela, que o nosso governo está a tentar fazer passar mais um tremendo disparate político (senão mesmo uma injustiça social) por uma muito boa e adequada medida de política social, revelando implicitamente que só o défice lhe interessa (sempre o défice...), sem olhar a meios, e manifestando claramente o sofisticado grau de demagogia que é capaz de alcançar?! (Zé Paulo)

sinto-me:

publicado por antmarte às 16:13
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
21
22

23
24
26
27
28
29

30
31


posts recentes

Fora de órbita

Pensar o mundo ou transfo...

Não só uns chutos na bola

Da (falta de) educação

“Destak”

“Ou há justiça ou comem t...

Do Mundial ou 2ª época de...

Um livro, um amigo

Rectificação

Dia Mundial da Criança

arquivos

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds