Ponto de encontro da turma da noite de antropologia, do ISCTE, 2001-2005
Quinta-feira, 4 de Agosto de 2005
Férias antropológicas
Uma das ideias que retive das aulas do Manuel João Ramos, foi a de que o antropólogo pode não ser mais do que um turita esclarecido. Não sei se todos vamos conseguir fazer férias antropológicas ou se seremos todos antropólogos em férias.
Quem não despiu mais a camisola de antropólogo ponha o dedo no ar. Jorge Castro


publicado por antmarte às 13:48
link do post | comentar | favorito
|

1 comentário:
De Anónimo a 4 de Agosto de 2005 às 17:36
"Turistas esclarecidos", uma ideia que também retive com interesse...
Em férias com a antropologia ou de férias da antropologia, julgo que de uma certa forma de olhar e pensar as coisas talvez já não saibamos nem queiramos "livrar-nos". Esse foi talvez um ganho que pudemos retirar do nosso curso. Para fazer uso em férias ou fora delas, sendo antropólogos ou simples amadores...Zé Paulo
</a>
(mailto:ilus@clix.pt)


Comentar post