Ponto de encontro da turma da noite de antropologia, do ISCTE, 2001-2005
Domingo, 25 de Setembro de 2005
Candidatos Avancem. Janeiro de 2006 é Já Ali
Finalmente uma boa noticia. Os ciclones que varrem os EUA estão a fazer mover “moinhos de vento” em Portugal.

Mário Soares o auto proclamado patriarca e salvador da pátria, republicano mas monárquico q.b. quando é preciso, avançou. Felizmente ainda tem próstata que, para o período que se aproxima é capaz de ainda dar muito jeito. Já ouvi falar da massagem ou magistratura de influência. Olá o que é.!?
O Sr. Louçã oh espanto meu, generoso com o social fascismo, entendido sobre todas as matérias, da economia ao su Duku. Prosador virulento, magnânimo na prosápia, especialista em arte gay, abortos e, ofícios correlativos e artes afins, também avançou. Claro que sendo eleito, Bush não vai poder dormir descansado. Já Alexandre Herculano pode descansar em paz. O paladino da intriga politica é putativo candidato. Herculano tens aqui o teu D. Bibas.
Jerónimo de Sousa cumpre. Vai até ao fim, de Dezembro. Depois, qual Amália Rodrigues, deixa o palco até que a voz se apague.
Manuel Alegre o candidato da angustia. Como entendo essa dor de alma. Não devias ter-te candidatado. Porque não perguntas-te primeiro «ao vento que passa, notícias do teu país, será que o vento cala a desgraça, e o vento nada te diz?»
“Pergunto à gente que passa, por que vai de olhos no chão. Silêncio -- é tudo o que tem, quem vive na servidão”
“Mas há sempre uma candeia, dentro da própria desgraça, há sempre alguém que semeia canções no vento que passa”. Pois é Manuel Alegre, esta não é definitivamente a eira para a tua colheita.
Aguardo ansiosamente que Almeida Santos - já tem idade para isso, 79 -, também avance. Dá sempre jeito ter alguém que amiúde recorde Salazar, quiçá algum???. Almeida que se guindou a eterno vigilante, no decisor, no que determina quem é ou não democrata. Se não for este homem da “exemplar descolonização” para catalogar, de perigosos fascistas, tudo o que respire, à volta do seu séquito de correligionários, quem iríamos encontrar?
Vasco Lourenço também deve avançar. Nunca se sabe quando não é necessário que o dono do 25 de Abril volte a pegar em armas. Candidata-te pá! Ta bem pá!
Manuel Maria Carrilho também deve avançar. Por indisponibilidade de momento de Castelo Branco. Nesta eleição, por quotas, será o representante dos metrosexuais. A campanha sem a sua petulância, chauvinismo e o narcisismo, seria uma chatice. E nos comícios, será sempre possível, colocar todos nós, em ululante coro entoando! És tão boa, és tão boa.!!
Finalmente a Sr.ª dona Fátima Felgueiras. Sublime. Candidata-se pela quota das mulheres. È a representante dos valores, dos costumes, do carácter, da arte de bem gerir fortunas. Senão ganhar nós permitiremos um novo estágio probatório no Rio de Janeiro.

Mas par que tudo isto não resulte num fiasco convêm arranjar alguém que ajude à catarse de indigentes candidatos.

Pedro Santana Lopes não serve. Já apanhou muito, ainda está dorido. Mas amigo, espero que um dia destes regresses.
Estou a lembrar-me de Cavaco Silva. Este Homem deixa-me perplexo. Ainda não disse o que queria. Ainda está muito a tempo de dizer o que quer, quando quer sem ser a reboque dos assalariados da TV, jornais e da cassete.
Todos clamam pelo Professor, todos querem desesperadamente derrota-lo.

CAVACO candidata-te, tens de ser derrotado.

Só assim se aliviam as frustrações de candidatos papagaios, petulantes e medíocres. São candidatos para derrotar alguém, quais guerrilheiros do apocalipse. Depois de bem derrotado, teremos muito tempo para pensar no que é isso de ser Presidente de todos os Portugueses. Primeiro a nossa vaidade, a nossa fútil ambição pessoal desmesurada. A afirmação do lobby. O que representa ser a primeira figura de Estado, ser o orgulho de todos os Portugueses, a imagem de um Portugal moderno? Coisas menores para tanta vaidade e incompetência.
Os patriarcas, os poetas salvadores e papagaios predadores todos sonhadores com um lugar em Belém. Em nome de um Povo que não que vota sem saber porquê. Se o fantasma Cavaco Silva assola as mentes medianas como irão reagir quando deixar de deixar de ser candidato?
Falta pouco. Aníbal Cavaco Silva será candidato e Presidente para bem dos Portugueses.

A saga continua. jferraz@iol.pt


publicado por antmarte às 21:14
link do post | comentar | favorito
|

4 comentários:
De Anónimo a 27 de Setembro de 2005 às 22:10
Surpreso, no mínimo. E de repente isto deu "forte e feio" para a política. Ok, está certo, vai bem com o clima dos tempos... A mim nada me resta acrescentar, senão confirmar ao meu amigo Raposo que de facto há por aqui um certo "laranjismo básico" (mas o Ferraz anda a esmerar-se na retórica, desde que é Dr.! Bom, já é de há mais tempo, reconheça-se). Ah, e que se a Luísa (a Remechida!) e o Ferraz se voltam a "pegar" temos guerra aberta, mas da boa...Zé Paulo
</a>
(mailto:ilus@clix.pt)


De Anónimo a 26 de Setembro de 2005 às 21:06
A eloquência crítica deste documento é no minimo extraordináriamente interessante, contudo, o meu caro Pele de Leopardo esqueceu-se de que aquilo a que alguns já denominam como "duelo de titãs", recorde-se Cavaco e Soares, não passa de um "duelo de tantãs". Sim porque Cavaco, ainda que mais novo que Soares, deve bastante ás capacidades de cariz diplomático (condição cine qua non nesta cruzada), e á capacidade decisória e frontalidade tambem exigidas para a "vaga" a que o candidatam. Imagino neste momento o seu pensamento "Não sei se me candidato, não sei se não me candidato, não sei que faça...". Coerente! luisa
(http://aa2ad2)
(mailto:remechido@mail.pt)


De Anónimo a 26 de Setembro de 2005 às 11:29
Eh lá... parece que anda por aqui um certo ar de institucionalismo-laranjo-cavaquista... mas concordo... O professor tem de se chegar à frente o mais depressa possivel. Se não estiver a pensar candidatar-se pelo menos deixe-nos trabalhar... deixe-nos trabalhar.José Raposo
(http://www.joseraposo.blogspot.com)
(mailto:jose_raposo@netcabo.pt)


De Anónimo a 25 de Setembro de 2005 às 23:21
O culpado disto tudo é o nosso amigo Zé Paulo que
teve a feliz ideia de construir este Blog mas, talvez, a infeliz ideia de colocar o cabeçalho laranja. Parece-me que tal foi feito para mostrar um lindo por do sol mas acabou por despertar a veia de activista político do pele de leopardo. Talvez seja altura de mudar o cabeçalho não para vermelho mas sim para encarnado para despertar a veia futebolística do pele de leopardo e talvez gere mais discussão ou, pelo menos mais participada.
Sim porque para este peditório eu já dei...
Um abraço.


Sérgio Fonseca
</a>
(mailto:sef@netcabo.pt)


Comentar post