Ponto de encontro da turma da noite de antropologia, do ISCTE, 2001-2005
Terça-feira, 22 de Novembro de 2005
Ainda sobre saídas profissionais
No Marquês de Pombal vês dois tipos pendurados em cordas a descerem de um prédio alto. Estão a desmontar uma enorme faixa pubicitária. Do pouco que percebes da coisa, parece-te estarem a fazer o que se chama rappel.
E instantaneamente ocorre-te a ideia de que até os desportos radicais podem ter mais saídas profissionais do que o teu curso... (Zé Paulo)


publicado por antmarte às 14:20
link do post | comentar | favorito
|

9 comentários:
De Anónimo a 23 de Novembro de 2005 às 23:13
Cruzes canhoto, eu sou um bocado ambidextro nalgumas tarefas como por exemplo na utilização do rato, por isso serei ainda mais diferente :) Não tenho novidades do ISCTE mas posso pesquisar, e sim, tb acho que o Zé é um MIMO :)José Raposo
(http://joseraposo.blogspot.com)
(mailto:jose_raposo@netcabo.pt)


De Anónimo a 23 de Novembro de 2005 às 20:26
O filho do homem

O mundo parou
A estrela morreu
No fundo da treva
O infante nasceu.

Nasceu num estábulo
Pequeno e singelo
Com boi e charrua
Com foice e martelo

Ao lado do infante
O homem e a mulher
Uma tal Maria
Um José qualquer.

A noite o fez negro
Fogo o avermelhou
A aurora nascente
Todo o amarelou.

O dia o fez branco
Branco como a luz
À falta de um nome
Chamou-se Jesus.

Jesus pequenino
Filho natural
Ergue-te, menino
É triste o Natal.

Vinicius de Moraes
Isabel Guimaraes
</a>
(mailto:isabelgradi@yahoo.com)


De Anónimo a 23 de Novembro de 2005 às 20:18
Corrigindo a ultima linha, "I'm so sorry"Isabel Guimaraes
</a>
(mailto:isabelgradil@yahoo.com)


De Anónimo a 23 de Novembro de 2005 às 20:17
Ops, e viva a gafe.
Desculpa eu, amigo do Zé Paulo, desculpa eu!
Toda contente a querer comunicar com um Professor, ora toma...tou com vergonha!
Assim que tiver um bocadinho, vou visitar o blog, I so sorry.
E ambidextros não há mais????Isabel Guimaraes
</a>
(mailto:isabelgradil@yahoo.com)


De Anónimo a 23 de Novembro de 2005 às 17:19
É impressão minha ou o meu amigo JOSÉ Raposo está a ser confundido com o professor Paulo Raposo? Lá diz o povo, "há mais Marias na terra..." Nada de confusões, credo... (Isabel, para seberes quem é este Raposo visita-o no link "Suburbano", aí do lado esquerdo do nosso blog). Tal como a Isabel, também eu e o meu amigo Raposo somos canhotos... e viva a diferença!Zé Paulo
</a>
(mailto:ilus@clix.pt)


De Anónimo a 23 de Novembro de 2005 às 17:13
O Mimo.

O Zé Paulo merece todo o nosso mimo.

O Zé Paulo mantém-nos em contacto e dá-nos a ler as suas ideias e interpretações do mundo, (para o bém e para o mal), como só ele sabe.....
O Zé Paulo consege captar a nossa atenção e fazer-nos pensar....
O Zé Paulo é inteligente, companheiro, colega, perspicaz e seguro....
Por favor colegas, não custa nada, só uns minutinhos, o Zé Paulo merece mesmo a nossa atenção e MIMO.

Zé Paulo, desculpa ainda não ter ligado mas ao que parece surgiu um novo virus informático e não tenho tido acesso à net, nem no serviço nem em casa, voltei hoje às lides informáticas.

Senhor Professor Paulo Raposo,
pois,como tenho visto que gosta e visita com bastante assiduidade o "nosso", do Zé Paulo, blog, este bocadinho é para si.
Estou triste.
Gostava de ter, ou que tivéssemos todos, claro está para quem tivesse vontade e disponibilidade ou gosto, alguma informação sobre as actividades extra curriculares que se vão realizando lá para as bandas do ISCTE, para continuarmos o nosso percurso académico, bem entendido, e pessoal, mais importante ainda, mas sobretudo para não perdermos de todo o contacto, com tanta teoria e alguma prática, ensinada durante estes ultimos 4 aninhos.
O que acontece e falo apenas por mim, preguiçosa como sou, tenho alguma dificuldade em estar a par "do que vai pelo mundo académico" e mais além então nem se fala. Vivo actualmente quase apenas no meu pequeno limbo.
estou a referir-me a Iniciativas do tipo colóquios, conferencias, and so on. Acabamos o 4º ano e....ADEUS.
Tá mal.
Soube que aconteceu na 6ª feira e sábado passados um (colóquio)no ISCTE, no qual gostaria e podia ter participado, como observadora claro, bem caladinha a um canto, mas gostava muito de ter lá estado a ouvir, mas infelizmente só soube por acaso na véspera e já não foi possivel ir.
Fiquei triste.

Este bocadinho é para colega o Zé Gonçalves. Espero que ele leia este comentário, vamos lá VER.
Pois meu colega,.... A Mão.
A mão e o olho são fundamentais à nossa identidade.
As impressões digitais e a(penso que se poderá dizer assim)leitura da iris, distinguem-nos exteriormente, sem pensarmos em moléculas e ADN'S da vida, de imediato, tornam-nos únicos e diferentes de imediato.
Gostava de voltar a ouvir o Prof. Oneto a falar sobre a mão e não me importaria nada de voltar a sentar-me naquela sala e naquela cadeira, junto dos meus colegas, para ouvir, ver e tactear (os cadernos)e ter certas discussões com colegas e professores.
O trabalho sobre a Mão foi feito por mim, por muitos motivos, com muito prazer, coisa que não aconteceu com alguns outros trabalhos académicos. Bem haja professor Oneto.
Tenho mesmo 2 mãos direitas Gonçalves, é verdade.
Qualquer conotação politica, esquece.
A obrigação foi uma das coisas que esteve muito presente na minha vida nestes 4 ultimos anos, pois tal como aconteceu convosco, tive a obrigação de pelo menos, entregar e fazer os trabalhos de avaliação das cadeiras.
Eu, por acaso, nunca obriguei ninguém a nada, mas gostava, sou sincera.AH SE GOSTAVA.

Pois bem tenho 2 mãos direitas, porque nasci uma criancinha canhota, mas como isso era tão feio tão feio, tão feio, e mau, que fui Corrigida.
Amarravam-me, na escolinha de meninas que frequentei, a mãozita esquerda para eu me trocar toda e lá conseguir aprender a escrever com a mão direita.
Quando não consigo fazer as "coisas", costumo dizer que tenho 2 mãos direitas, e fiquei com uma dificuldade manual e baralhação dentro da minha alma, que....por sou capaz de começar a escrever com as 2 mãos ao mesmo tempo, ou então nem sei com que mão devo agarrar a caneta.Lindo não é?

E então, os ambidextros, não têm direito à vida???????? Hem????????
Beijos.


Isabel Guimaraes
</a>
(mailto:isabelgradil@yahoo.com)


De Anónimo a 22 de Novembro de 2005 às 19:48
Mas de certeza que não escrevem um blog, digo eu...Nuno Guronsan
(http:\\nunoguronsan.blogspot.com)
(mailto:nuno.fonseca@networkcontacto.com)


De Anónimo a 22 de Novembro de 2005 às 16:31
Sabe sempre bem...Zé Paulo
</a>
(mailto:ilus@clix.pt)


De Anónimo a 22 de Novembro de 2005 às 16:27
Amigo... que recalcamento é esse??? precisas de um abraço?
jose raposo
(http://joseraposo.blogspot.com)
(mailto:jose_raposo@netcabo.pt)


Comentar post