Ponto de encontro da turma da noite de antropologia, do ISCTE, 2001-2005
Quinta-feira, 9 de Fevereiro de 2006
Terroristas pagam cem quilos em ouro pela cabeça do artista
O mullah Dadullah, um importante chefe talibã, ofereceu uma recompensa de 100 quilogramas de ouro a quem matar o autor das caricaturas de Maomé, segundo a agência privada Afghan Islamic Press (AIP).
Se alguém matar o autor das caricaturas que foram publicadas pela primeira vez em Setembro por um jornal dinamarquês no final de Setembro, os talibãs "oferecerem 100 quilogramas de ouro", declarou Dadullah à AIP ao telefone a partir de um local não identificado.

O mullah afirmou ainda que os talibãs darão cinco quilos de ouro a quem matar um soldado dinamarquês, norueguês ou alemão, segundo esta agência com sede no Paquistão.
Dadullah, que segundo a agência é o comandante-chefe das operações anti-governamentais conduzidas pelos talibãs no Afeganistão, afirmou também que o número de candidatos aos atentados suicidas aumentou desde o caso das caricaturas.

Onze pessoas morreram desde sexta-feira no Afeganistão durante as violentas manifestações contra a publicação na imprensa europeia de caricaturas de Maomé.
A publicação, a 30 de Setembro passado pelo diário dinamarquês Jyllands-Posten, de 12 caricaturas satíricas de Maomé, reproduzidas desde essa data por outros jornais europeus, enfureceu os muçulmanos de todo o mundo.

In www.portugaldiario.iol.pt


publicado por antmarte às 00:29
link do post | comentar | favorito
|

1 comentário:
De Anónimo a 9 de Fevereiro de 2006 às 00:33
Permitam-me a ironia mas isto parece-me o euro milhoes em versão talibã. jfJorge Ferraz
</a>
(mailto:jferraz@iol.pt)


Comentar post